segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Por que falar?

Ontem ouvi:  "Por que você não fica quieta? O que tanto você precisa dizer?"
 
Quando engasgada, preciso falar. 
Não consigo "resolver" as coisas somente no pensamento. 
Enquanto não falo, não esqueço.
Por conta deste "modo operante", perdi algumas pessoas pelo caminho.
Para compensar, assim que desabafo, esqueço. 
Não guardo rancores. 

Se minha mãe estivesse aqui, explicaria minhas explosões: "...é o seu Marte solto no meio do céu".
 



 

1 comentário:

Lisa disse...

Cara, eu tbm tenho marte feral, e sofro com um vazio enorme....

Seguidores